Skip to main content

Projeto: Be My Guest – training abroad 2.0

By 6 de Dezembro, 2019Sobre o projeto

A Escola de Comércio do Porto reconhece a internacionalização como um dos seus pilares e um dos mecanismos mais bem-sucedidos na preparação dos seus alunos para trabalhar e viver num mundo cada vez mais globalizado. Assim, vimos aprovado um novo projeto Erasmus+que, através da criação de experiências de cooperação e formação internacional, darácontinuidade ao projeto Be My Guest (desenvolvido em 2018/2019). 

As atividades consistirão em mobilidades mobilidades formativas de curta duração para realização de FCT ou joint project no caso dos formandos (36 vagas) e no formato de job shadowing ou teaching actvities para os docentes (16 vagas). Estão previstas, distribuídas pelos anos letivos de 2019/2020 e 2020/2021, mobilidades na República Checa, Holanda, Alemanha, Dinamarca, Malta, Espanha, Itália e Hungria.

 

O projeto visa:

  • Promover a internacionalização da ECP e consolidar a sua rede de parceiras, aumentando o volume de mobilidades e incluindo novos parceiros;
  • Reforçar o posicionamento da ECP como uma instituição ativa, dinâmica e inclusiva, e que postula a formação de profissionais e cidadãos de excelência;
  • Postular pela igualdade pela igualdade, equidade e inclusão, proporcionando oportunidades a um seu público-alvo proveniente de um meio económico, social e cultural desfavorecido, que não lhes permite o acesso a este tipo de experiências;
  • Combater o insucesso, o absentismo e o abandono escolar, restituindo aos alunos o conceito de escola como espaço de aprendizagens múltiplas, através de uma experiência de mobilidade e decorrente aumento da motivação, autoconfiança e autoestima;
  • Desenvolver competências pessoais, socioculturais, relacionais e profissionais dos participantes alargando o seu conhecimento de outras realidades culturais e diferentes manifestações da suaárea vocacional no espaço europeu, nomeadamente comércio, serviços e turismo;
  • Melhorar as competências linguísticas dos participantes, nomeadamente na língua de trabalho (inglesa ou espanhola), escolhidas por fazerem parte do plano de estudos dos nossos cursos, pelas lacunas consideráveis no seu domínio e pela sua importância para o futuro profissional do participante;
  • Potenciar o desenvolvimento de competências, atitudes e valores como a autonomia, resiliência, capacidade de adaptação a contextos interculturais e profissionais diversificados, pensamento crítico, e outras ligadas aos respetivos perfis profissionais, possibilitando, assim, um maior número de oportunidades de integração, e diferenciação no mercado de trabalho, para fazer face ao desemprego jovem, bem como, o aumento de competências profissionais do pessoal;
  • Promover uma maior abertura e respeito pela diversidade social e cultural na Europa e sensibilizar para a importância da cidadania ativa a nível nacional e europeu;
  • Dotar os participantes de competências no domínio das novas tecnologias enquanto ferramentas de trabalho;
  • Promover práticas pedagógicas e organizacionais inovadoras e com qualidade, através do contacto com ambientes de aprendizagem estimulantes e ricos e da subsequente disseminação de resultados;
  • Melhorar as competências dos profissionais para responderàs necessidades individuais dos formandos, cognitivas e emocionais, e para lidar com a sua diversidade sociocultural;
  • Reforçar as sinergias entre as aprendizagens em contexto formal e não formal, e o ensino profissional, o emprego e o empreendedorismo;
  • Enriquecer e modernizar os currículos de cada um dos cursos profissionais, incorporando as aprendizagens e novas perspetivas adquiridas durante a experiência de mobilidade, em consonância com o Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular.

(Contrato financeiro nº 2019-1-PT01-KA102-060500)

Leave a Reply

×
Olá!

Precisas de ajuda? Fala já connosco através do WhatsApp!

×