Erasmus +
Be my guest ECP

Internacionalização

KA1 – Be My Guest

O projeto “Be My Guest” é o projeto Erasmus+ KA1 da ECP, que permite o envio de alunos, docentes e pessoal em mobilidade para fins de estudo, estágio e formação para escolas de toda a Europa.

O projeto “Be my Guest – training abroad” decorreu durante o ano letivo de 2018/2019, tendo contado com 24 mobilidades de alunos, 12 para fins de estágio com a duração de dois meses na República Checa e Eslovénia, e 12 com a duração de duas semanas para realização de programas de intercâmbio com instituições de EFP na Espanha e na Dinamarca. Realizaram-se ainda, sob este programa, 10 mobilidades de docentes e pessoal para os quatro países nomeado.

O primeiro projeto Erasmus da ECP, “Be My Guest – training abroad”, foi dado por concluído com a submissão do relatório final em janeiro de 2020, obtendo 92 em 100 pontos, distinguido, em 2020, com o Prémio de Boa Prática, pela Agência Nacional, a mais alta distinção atribuída a este tipo de projetos.

O seu sucessor, o projeto KA1 “Be My Guest 2.0”, aprovado com submissão total em junho de 2019, iniciou no ano letivo 2019/2020 com a realização de 12 mobilidades de alunos e 6 de docentes na República Checa, Alemanha e Holanda, estando ainda 24 mobilidades para alunos e 10 para staff/docentes na Dinamarca, Espanha, Malta, Hungria e Itália com execução pendente devido à situação com a Covid-19.

O seu sucessor, o projeto KA1 “Be My Guest 2.0”, aprovado com submissão total em junho de 2019, iniciou no ano letivo 2019/2020 com a realização de 12 mobilidades de alunos e 6 de docentes na República Checa, Alemanha e Holanda, estando ainda 24 mobilidades para alunos e 10 para staff/docentes na Dinamarca, Espanha, Malta, Hungria e Itália com execução pendente devido à situação com a Covid-19.

Para o ano letivo 2020/2021, a continuidade do projeto foi garantia pela aprovação com subvenção do projeto KA1 “Be My Guest 3.0.”, que conta com 45 mobilidades para alunos e Estratégia de Internacionalização 28 professores em Espanha, Holanda, Dinamarca, Eslovénia e Alemanha, incluindo, pela primeira vez, mobilidades ErasmusPro.

No âmbito destes projetos, decorrem diversas ações como a seleção de uma aluna e de uma estudante graduada da ECP para representar Portugal na iniciativa EuroApprentices, rede europeia de alunos VET que efetuaram Erasmus; a nossa participação nas ações de formação para as ferramentas MTool+ e OLS, Reunião Geral de Monotorização 2019 e Sessão de Apoio a Candidaturas da Agência Nacional; a celebração dos #Erasmusdays com duas sessões “Erasmus in Schools” com a presença de jovens da Croácia, Espanha e Polónia que estão no nosso país a estudar e portugueses voluntários numa organização dedicada a apoiar estudantes internacionais (Erasmus Student Network Porto), bem como sessões de disseminação de mobilidades.

Ver notícias relacionadas
Internacionalização

KA2

Em 2019/2020, deu-se início ao nosso primeiro projeto de cooperação Erasmus+ KA2 “Entrepreneurship in Action”, coordenado por uma escola profissional da Macedónia do Norte, com parceiros ainda na Lituânia, Turquia e Roménia, com a duração de dois anos.

O principal objetivo desta parceria é desenvolver as competências e empregabilidade dos jovens e inclui uma mobilidade em cada um dos países, 2 reuniões transnacionais com os coordenadores de projeto e 3 atividades de ensino/aprendizagem (Learning/teaching/training – LTT) com vagas para 5 alunos e 2 professores cada.

Os grupos-alvo e partes interessadas deste projeto são os alunos e os professores que participam diretamente no projeto; os outros alunos e professores das escolas participantes; as empresas e comunidades locais, tais como centros Estratégia de Internacionalização 29 de emprego, câmaras de comércio, empresas; outras escolas como partes interessadas locais; universidades; famílias; e os estudantes e professores de outras escolas na Europa.

O projeto tem como Missão:

a) Permitir que os estudantes adquiram competências profissionais e pessoais que incentivem cada estudante a participar eficaz e construtivamente no local de trabalho e na sociedade, a nível local, nacional e internacional.

b) Reforçar a capacidade de os professores ensinarem competências, utilizando e adaptando métodos e ferramentas para facilitar o acesso dos estudantes ao mercado de trabalho e melhorar a adaptação e à evolução futura do mercado de trabalho.

Em março de 2020 realizou-se primeira reunião transnacional, em Prilep, macedónia do Norte que contou com as duas representantes do departamento de Relações Internacionais.
As restantes mobilidades foram suspensas por tempo indefinido, pelo que foi concedida uma extensão de projeto que prevê a sua execução até ao final de 2022.

Internacionalização

Incoming

Num contínuo trabalho pela inclusão e alargamento da participação, desenvolvemos um conjunto de atividades de internationalization at home, entre as quais se insere o acolhimento de alunos e professores – denominadas mobilidades incoming - das nossas entidades parceiras ao abrigo dos seus programas Erasmus KA1 ou de parcerias bilaterais.

Este tipo de atividade iniciou em 2016/2017, no âmbito de uma parceria desenvolvida com a escola Tradium, da Dinamarca, que se concretizou na realização de um Joint Project, com a duração de duas semanas, na ECP.

Desde recebemos então, anualmente, recebemos cerca 15 alunos da Dinamarca, acompanhados por 2 professores, que desenvolvem um programa de atividades com os alunos e professores portugueses, que consiste na análise de empresas dinamarquesas com presença em Portugal, incluindo, além das sessões de trabalho, momentos informais e de contacto com a realidade portuguesa como visitas a empresas e fábricas, visitas culturais, um almoço de boas-vindas (organizado pela nossa turma de CEF Restaurante/Bar), atividades de convívio e rotas turísticas pelo Porto. Em edições anteriores, o Consulado Real da Dinamarca do Porto enviou votos de sucesso para o projeto.

Em 2018/2019, iniciamos uma parceria com a holandesa Graafschap College para realizar também intercâmbios académicos e culturais de curta duração, tendo em 2019/2020 acolhido esta escola para a realização de um Joint Project com 11 alunos e 2 professores da Holanda.

Acolhemos também, com alguma regularidade, docentes de outras escolas que nos visitam para conhecer as nossas boas práticas e a nossa cidade!

No âmbito de candidaturas KA1 de instituições parceiras, numa lógica de cooperação e retribuição, a ECP propôs-se também a acolher e coordenar alunos que desejem fazer estágios na nossa cidade, bem como organizar atividades de jobshadowing para docentes e pessoal destas escolas. Prevemos, quando seguro no quadro da Covid-19, continuar estes projetos e acolher na ECP alunos e colegas provenientes de vários países!

Ver notícias relacionadas